?> Tipos De Mamoplastia | Dr. Rummennig Albuquerque

Quais são os 4 Tipos De Mamoplastia

Muitas mulheres planejam mudar os seios: aumentar, diminuir, reconstruir ou acabar com a flacidez. Mas é preciso saber qual é a cirurgia certa. Para isso, é necessário conhecer os Tipos De Mamoplastia.

Conhecendo cada um deles, fica fácil reconhecer qual é o procedimento correto a ser feito. E conversar com o médico durante a consulta sobre o assunto também.

Portanto, é hora de aproveitar para ficar por dentro do mundo da mamoplastia antes de dar o primeiro passo para ter os seios dos sonhos.

Tipos De Mamoplastia

Mamoplastia De Aumento, Um Dos 4 Tipos De Mamoplastia

Esse tipo de cirurgia, como o nome sugere, visa aumentar os seios. Mulheres que se sentem incomodadas com os seios pequenos, ou que perderam o volume das mamas durante a gravidez, recorrem a esse procedimento.

Outros motivos que levam mulheres a fazer a mamoplastia de aumento são as que passaram por fatores como:

  • Amamentação;
  • Emagrecimento;
  • Mamas com tamanhos diferentes;

Essa cirurgia é feita implantando uma prótese de silicone, que pode ser de vários tamanhos, por meio de uma incisão, que pode ser feita nas axilas, na parte inferior dos seios ou em volta, ao redor, da aréola.

Esse procedimento dura em torno de 45 minutos para ser feito.

O Que É A Mamoplastia Redutora?

No sentido contrário de quem vai fazer a cirurgia para aumentar os seios, vem aquelas que querem diminuir o tamanho deles.

Quem procura esse tipo de cirurgia são as mulheres que têm os seios muito grandes e volumosos, que acabam sendo desproporcionais em relação ao corpo. Geralmente, quem tem esse tipo de seio sente dores nas costas, justamente por causa deles.

Outro tipo de paciente que faz a mamoplastia redutora são homens com ginecomastia, que é o excesso de crescimento das mamas.

Na cirurgia de mamoplastia redutora, a gordura em excesso, pele e glândula mamária são retirados. Com esse procedimento, os seios ficam proporcionais ao corpo e com tamanho adequado.

É importante frisar que na mamoplastia redutora não é aplicada a prótese.

E A Mamoplastia Reconstrutiva, o que vem a ser?

A finalidade desse tipo de cirurgia é diferente dos outros tipos de mamoplastia. Ela é voltada para mulheres que fizeram tratamento contra o câncer de mama.

Quem teve essa patologia, muito provavelmente retirou o seio afetado pela doença, mas para haver uma restauração da mama perdida, a mamoplastia reconstrutiva entra em ação.

Ela feita de uma das duas formas: fazendo uso do silicone, fazendo aplicação, ou transferindo tecido de alguma parte do corpo para a mama.

Vale lembrar que essa cirurgia não é fácil e que possivelmente mais de uma seja necessária para o seio ficar no formato ideal.

A Mastopexia Entra No Campo da Mamoplastia?

Com certeza, por também se tratar de uma cirurgia de mama. Mas a finalidade dela é acabar com a flacidez e melhorar a aparência dos seios.

Aquele aspecto de peitos caídos é corrigido nessa cirurgia, também conhecida como lifting de mama. Nesse caso, os seios são levantados e colocados em uma posição mais alta e natural.

A mastopexia pode ser com prótese ou sem prótese. No primeiro caso, uma prótese de silicone é aplicada para que os seios ganhem volume. Já no segundo, o seio é reconstruído com a própria gordura, pele e próprio tecido.

Independente de a mastopexia ser com ou sem prótese, ela visa combater a flacidez, como já dita no início.

Com todas essas informações ficaram mais fácil entender sobre os  tipos de mamoplastia. Mas é sempre importante contar um especialista para tirar todas as dúvidas. Fale sempre com quem entende do assunto!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *