?> Mitos Da Mamoplastia De Aumento | Dr. Rummennig Albuquerque

Os 5 Mitos Da Mamoplastia De Aumento

O desejo de ter os seios maiores são comuns entre as mulheres. O problema é o desencontro de informações que rodeiam a cabeça delas. Sendo assim, nada melhor do que conhecer pelo menos os mitos da mamoplastia de aumento.

Certo, mas em primeiro lugar, o que é a mamoplastia de aumento? A mamoplastia de aumento é a cirurgia que visa aumentar os seios utilizando o silicone para que eles fiquem mais volumosos e, claro, maiores.

Sabendo disso, o próximo passo é conhecer o que é mentira a respeito disso, para depois não bater aquela frustração, nem o sentimento de ser enganada. A seguir os mitos mais comuns nas conversas femininas sobre mamoplastia de aumento.

Mitos Da Mamoplastia De Aumento

Mito Número 1: Prótese De Silicone Para Mamoplastia De Aumento É Tudo A Mesma Coisa

Mentira. Existem a prótese cônica, a prótese anatômica e a prótese redonda. Cada uma tem uma finalidade.

A primeira é para aquelas que tem um tórax estreito. Esse tipo tem uma projeção para frente maior e uma forma mais pontuda.

A segunda tem uma forma de uma gota e concentra mais quantidade de silicone embaixo do que em cima.

A terceira preenche por igual os espaços do seio, já que o silicone é distribuído todo por igual na prótese. É o tipo mais usado nesse procedimento.

Sabendo dessas diferenças de formato e também de finalidade, cair por terra mais um mito sobre as próteses de silicone para mamoplastia de aumento.

Mito Número 2: O Tamanho Da Prótese De Silicone Para Mamoplastia De Aumento É Um Só

Errado. Existem próteses de vários tamanhos, então tem opção para quem quer os seios bem avantajados e para quem não quer um seio tão grande assim.

Mas uma coisa deve ser levada em conta: mulheres mais altas têm mais sustentação para aguentar o peso das próteses maiores, igualmente às que têm quadril e tórax largos. Sendo assim, a escolha vai muito além do gosto pessoal.

Mito Número 3: Não É Preciso Preparo Anterior para fazer A Mamoplastia De Aumento

Se a ideia é marcar uma consulta para agendar a data cirurgia, então é hora de saber que não é bem assim que funcionam as coisas. Existe todo um preparo antes, como:

  • Fazer uma avaliação com o médico
  • Fazer exames que forem solicitados, como uma mamografia, por exemplo;
  • Para de fumar bem antes de marcar a cirurgia;
  • Acertar o uso de medicamentos que a interessada já esteja tomando por algum outro motivo que não tenha a ver com a cirurgia de mamoplastia de aumento.

 Mito número 4: A Mamoplastia De Aumento Provoca Câncer De Mama

Está aí mais um mito. Esse procedimento não aumenta as chances de desenvolvimento do câncer de mama. Aliás, nem abre as portas para permitir a entrada de doenças consideradas autoimunes.

Mitos Da Mamoplastia De Aumento

Mito número 5: Após Feita A Mamoplastia De Aumento, Já Se Pode Voltar Às Atividades Normais Imediatamente

Não. Aliás, nem pensar. Normalmente o mais comum é poder voltar às atividades normais no período de sete dias. Já para a realização de práticas de esportes, o período para voltar realizar as atividades é de 30 dias.

Durante esse tempo, deve haver o monitoramento das cicatrizes dos cortes juntamente com o médico e outros cuidados também são importantes serem considerados.

Durante 30 dias, a paciente não deve levantar os braços a um ângulo superior a 90 graus, nem conduzir automóveis nas primeiras duas semanas e, para quem tem crianças, nada de levantar os filhos do chão.

Agora que já deu para ficar por dentro do assunto e conhecer os 5 mitos da mamoplastia de aumento, é hora de agendar uma consulta e falar com quem mais entende do assunto: um cirurgião especialista.

 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *