?> Otoplastia | Dr. Rummennig Albuquerque | Confira aqui!

Respondendo 5 Maiores Dúvidas Sobre A Otoplastia

Somente quem sofre com as chamadas “orelhas de abano” sabe o quanto isso pode ser incômodo. Embora não seja uma doença, é uma questão estética que pode desencadear inseguranças, e a otoplastia pode resolver isso.

As orelhas de abano são identificadas quando essa parte do corpo é muito afastada da cabeça. Elas ficam “espanadas” para fora, aparentando serem muito maiores e disformes do que realmente são.

Muitas pessoas lidam bem com esse fator, mas um número muito maior se incomoda profundamente, e busca por soluções para diminuição das orelhas.

A otoplastia é uma cirurgia plástica voltada para a estética das orelhas. Através de um pequeno corte o médico consegue remodelar e diminuir as orelhas, tornando a face mais harmônica como um todo.

Respondendo 5 Maiores Dúvidas Sobre A Otoplastia

1. Otoplastia dói? A Pergunta Que Não Quer Calar!

Com certeza essa é a dúvida que a maioria das pessoas tem a respeito de qualquer cirurgia. A verdade é que a otoplastia é feita a base de anestesia, o que faz com que o procedimento em si não seja doloroso.

Também é comum que os pacientes sejam sedados por completo na cirurgia. Ainda mais frequente quando estamos falando de crianças. É um jeito de diminuir a ansiedade e tornar o procedimento um pouco mais fácil.

  1. Qual é a idade mínima para fazer esse procedimento?

A otoplastia pode ser feita em crianças a partir dos 5 anos de idade. Nessa idade a orelha já está 85% pronta de acordo com o seu formato na fase adulta. Com isso já é possível fazer modificações.

Porém, um cuidado que muitos médicos tomam e que deve ser ressaltado é que se a cirurgia tem finalidade unicamente estética, é muito importante que a vontade de operar seja um manifesto da própria criança.

3. Como é o pré-operatório da otoplastia?

Agora chegamos a uma dúvida que é muito frequente. Muitas pessoas se perguntam sobre como é o pós-operatório nessa cirurgia.

Felizmente se trata de um procedimento simples de recuperação, e na maioria das vezes não ocorrem complicações.

A primeira coisa importante é manter um repouso absoluto por pelo menos 10 dias. Nesse período não se deve pegar peso, praticar atividades intensas nem abaixar a cabeça.

Na hora de dormir é importante manter a cabeça elevada, acima do restante do corpo. Também é fundamental tomar os medicamentos indicados pelo médico.

4. Essa Cirurgia Só Serve Para Orelhas De Abano?

Embora essa seja a aplicação mais comum a otoplastia também pode ser indicada para corrigir outros problemas e assimetrias das orelhas.

Outros casos em que as pessoas procuram é quando ocorre o aumento do lóbulo, aquela parte inferior onde furam para brinco. É comum que a pele ali se torne flácida.

Também ocorre o esticamento por conta do uso de brincos muito pesados durante anos, o que leva muitas mulheres a buscarem pela cirurgia de otoplastia.

  1. Quem não pode fazer essa cirurgia?

Outra das dúvidas sobre a otoplastia que surgem com frequência é com relação às contraindicações da cirurgia. Se trata de um procedimento simples, e a maioria das pessoas pode fazer sem medo.

Porém, mulheres grávidas ou em aleitamento não podem fazer. Também não é indicada a pacientes com quadros como diabetes e hipertensão. Pessoas que fazem uso de medicamentos devem conversar com os médicos antes.

O médico deverá solicitar exames para decidir se o paciente pode passar pela cirurgia, e tirar todas as dúvidas sobre a otoplastia antes de realizar a cirurgia. Você pode saber mais sobre as indicações no artigo “Como Funciona A Otoplastia Em Crianças?”.

 

 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *