?> Otoplastia Em Crianças | Dr. Rummennig Albuquerque | Confira aqui!

Como Funciona A Otoplastia Em Crianças?

A otoplastia em crianças pode ser a solução para um problema que compromete a autoestima desde muito jovem; as orelhas de abano. Quando a criança tem orelhas proeminentes a tendência é que desenvolva problemas de autoestima.

Isso acontece porque esse é um motivo frequente de bullying. Em outros casos, mesmo que a criança não tenha de lidar com situações vexatórias causadas por outras pessoas ela mesma pode demonstrar desconforto estético.

Quando isso ocorre a otoplastia em crianças pode, sim, ser uma alternativa. Pais e responsáveis devem então visitar um cirurgião para obter informações e tirar todas as dúvidas antes de decidir pela cirurgia.

Como Funciona A Otoplastia Em Crianças?

Como Acontece A Otoplastia Em Crianças?

A cirurgia em crianças é feita exatamente como acontece em adultos, com a diferença que a criança sempre é sedada, e os adultos, em alguns casos, só recebem a anestesia local.

A incisão é feita na parte de trás da orelha, o que gera uma cicatriz muito pequena e discreta ao final. Através desse corte o cirurgião consegue remover parte da cartilagem e remodelar a orelha para que fique menor e mais próxima da cabeça.

É importante ressaltar que a otoplastia em crianças não têm finalidade de resolver problemas além da estética, sejam eles de nascença ou adquiridos a partir de algum trauma.

Veja Alguns Exames Que O Cirurgião Poderá Solicitar Antes De Realizar O Procedimento

A otoplastia é uma cirurgia, e como tal demanda alguns preparos. Dentre os principais está a coleta de exames que garantirá que a criança está saudável e apta a passar pelo procedimento. Os exames mais comuns são:

  • Hemograma completo;
  • Eletrocardiograma;
  • Glicemia e coagulograma;

Se houver alguma alteração nesses exames que o médico ache relevante, então a cirurgia deverá ser adiada até que os níveis se normalizam para que a criança possa ser operada.

  • Tempo de duração:

Assim como acontece com adultos, a cirurgia demora cerca de 90 minutos. Não é um procedimento muito demorado, e geralmente a criança tem alta no mesmo dia, a menos que apresente alguma complicação que demanda mais atenção.

Como Funciona A Otoplastia Em Crianças?

Pós-Operatório Em Crianças Deve Ser Ainda Mais Cuidadoso

A cirurgia em si é bem simples, mas o pós-operatório demanda cuidado redobrado quando o paciente é uma criança. Isso porque uma das coisas fundamentais para a boa recuperação é o repouso absoluto nos primeiros dias.

  • Medicamentos e acessórios:

O médico prescreverá medicamentos para uso no pós-cirúrgico. Um deles é o analgésico, usado para diminuir dores que podem surgir após a otoplastia em crianças ser realiza.

Também poderá indicar o uso de uma faixa elástica. Ela manterá as orelhas confortáveis em uma nova posição, pressionadas contra a cabeça.

Como a criança precisa manter repouso por pelo menos 10 dias, o aconselhado é que o procedimento seja realizado no período e férias escolares. Assim os pais poderão dar todo o suporte e garantir o bem-estar do pequeno paciente.

  • Cuidados com o sono:

A criança não deverá dormir de lado. As orelhas não devem ser pressionadas na cama. Sendo assim a criança precisa permanecer com a barriga para cima.

Deverão ser usados ao menos dois travesseiros, de modo que a cabeça fique mais elevada do que o restante do corpo. Isso evitará inchaços, dores e sangramentos na região.

Todos esses procedimentos ajudarão para que a criança se recupere mais rapidamente e de maneira mais saudável. Qualquer complicação deverá ser imediatamente notificada ao médico.

Saiba mais sobre essa cirurgia no artigo “Otoplastia: A Cirurgia Em Orelhas De Abano”. Pais e responsáveis devem se informar bem para que a cirurgia seja mais tranquila e para que possam também orientar o paciente na otoplastia em crianças.

 

 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *