?> Bioestimuladores Melhora A Flacidez | Dr. Rummennig Albuquerque

Bioestimuladores Melhora A Flacidez?

Saber se o bioestimuladores melhora a flacidez é um dos grandes questionamentos entre aqueles que buscam procedimentos estéticos para melhorar a aparência do rosto (e até mesmo de alguns lugares do corpo).

Há diversos tratamentos e procedimentos disponíveis no mercado, sendo cada um deles voltados para determinados casos e aplicações. Por isso, entender quais são os seus benefícios e como os processos funcionam é o primeiro passo.

Os bioestimuladores são uma tecnologia que ganhou uma popularidade imensa nos últimos anos, visto que os seus resultados são realmente satisfatórios.

Bioestimuladores Melhora A Flacidez?

É verdade que bioestimuladores melhora a flacidez

Sim, o bioestimuladores melhora a flacidez. Na verdade, essa é a grande proposta deste tratamento estético (proposta a qual cumpre muito bem, pois os resultados são altamente satisfatórios e duradouros).

O produto não age de forma sintética na pele, seu mecanismo é mais complexo que isso. De maneira simplificada, o funcionamento dos bioestimuladores se dá por conta da pequena reação inflamatório que a substância causa nas regiões aplicadas.

As células produtoras de colágeno respondem a essa inflamação aumentando os níveis de produção de tal substância. Ou seja, o corpo é incitado a aumentar os níveis desta proteína.

Para aqueles que não sabem, o colágeno é o principal pilar para a sustentação da pele. É dessa maneira que o bioestimuladores melhora a flacidez.

Sabendo seu funcionamento, é possível entender o porquê de os resultados não serem imediatos. O colágeno não é produzido de uma só vez, mas, sim, gradualmente.

Os resultados não são instantâneos, eles vão aparecendo conforme as semanas vão passando. Somente após três meses os resultados serão mais definitivos.

Entretanto, após o período de 18 meses, aproximadamente, essa produção começa a decair novamente (assim como um processo natural). É por isso que os resultados proporcionados por tal tratamento são tão naturais! No fundo, é um processo natural de rejuvenescimento.

Bioestimuladores melhora a flacidez, mas hábitos diários também

É um fato que bioestimuladores melhora a flacidez. Apesar disso, é fundamental manter uma rotina de bons hábitos para potencializar o efeito do procedimento e retardar o efeito natural de envelhecimento da pele. Algumas dicas básicas ajudam:

  • Seguir todas as recomendações do médico responsável pelas aplicações
  • Não fumar ou consumir bebidas alcoólicas em excesso
  • Tomar bastante água todos os dias
  • Manter uma boa rotina de skincare, sempre finalizando com cremes hidratantes
  • Não se esquecer de passar protetor solar todos os dias, mesmo quando não haja a intenção de se expor ao sol
  • Em dias mais quentes e de exposição solar, o recomendado é passar o filtro mais de uma vez
  • Alimentar-se de forma saudável, buscando uma dieta balanceada e rica em alimentos com vitaminas e minerais
  • Para as mulheres, sempre limpar bem a pele antes e depois de passar maquiagem (a finalização com hidratante também é muito importante após tirar a make)

Aposte em um profissional qualificado

Apesar de o tratamento com os bioestimuladores ter uma alta aprovação entre todos aqueles que o fizeram, é importante ressaltar uma questão: a escolha do profissional.

A aplicação da substância é relativamente simples, apesar disso, somente um profissional experiente saberá o que aplicar, onde aplicar e quanto aplicar para que os resultados atendam às expectativas do paciente.

Além do mais, mesmo o procedimento sendo minimamente invasivo e bem seguro, apenas um bom profissional poderá garantir que realmente não haja nenhuma complicação durante sua realização.

Em resumo, o bioestimuladores melhora a flacidez, mas é necessário que a aplicação seja realizada por quem é excelência no assunto, como o Dr. Rummennig. O cirurgião plástico mantém todas as informações pertinentes em seu site. Entenda mais sobre o assunto!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *